Quinta, 21 de Outubro de 2021
26°

Muitas nuvens

Teresina - PI

Jurídico marketing

Marketing de conteúdo para advogados

Como acertar nas estratégias?

09/07/2021 às 07h00
Por: Cláudia Yasmim Fonte: Aurum
Compartilhe:
Foto montagem: Layanne Oliveira/ Jornal do Advogado
Foto montagem: Layanne Oliveira/ Jornal do Advogado

O marketing de conteúdo ganhou muita força no último ano, principalmente nas redes sociais, é uma tendência que inverte a lógica do marketing tradicional. O que antes era voltado para falar da empresa, da qualidade dos produtos ou serviços, o marketing de conteúdo foca na DOR, isso mesmo, na dor do consumidor, e a partir desta premissa se cria estratégias visando oferecer respostas e soluções a essas dores, de modo que atrai, envolve e gera valor para as pessoas que o consomem, criando uma percepção positiva da marca/empresa/profissional e por conseguinte, gerando mais rentabilidade aos negócios.

Dessa maneira, se cria um relacionamento longo e duradouro com os clientes, que veem a empresa/profissional como uma autoridade, confiando neles para solucionar seus problema. Por meio da criação de conteúdo útil e de qualidade é oferecido aos profissionais relacionamentos mais lucrativos e com pessoas mais propensas a fechar negócio. 

Para o universo da advocacia não é muito diferente, o uso de tal ferramenta permite a aquisição ativa e indireta de clientes sem ferir o código de ética, o cenário do marketing de conteúdo, principalmente no online, está focada em atingir seu publico alvo e crescer de forma exponencial sua rede de clientes e potenciais clientes. Mas como aplicar um marketing de conteúdo útil e de qualidade na advocacia?

 O conteúdo jurídico de qualidade é aquele que identifica, aponta, orienta, previne ou soluciona problemas reais do seu público alvo. O bom conteúdo deve conversar com o potencial cliente, se o advogado busca solucionar e prevenir problemas voltado para empresas e empregadores, não adianta ele criar artigos, posts e conteúdos jurídicos nas redes sociais voltados para o trabalhador, por exemplo, tendo em vista que o conteúdo não irá atingir o público alvo.

 Com isso, antes de iniciar a produção de conteúdo, deve ser levado em consideração alguns pontos na criação de estratégias que sejam mais direcionadas, rentáveis e assertivas, quais sejam: Identificar a persona, planejar metas, criação e distribuição do conteúdo e acompanhamento dos resultados.

Identificar a persona

A partir do momento em que é criado o "cliente ideal", o que chamamos de persona, a criação de conteúdo passará a ser mais direcionada, o profissional conseguirá entender quais são as aflições, problemas e desejos daquele público e então a criação do conteúdo fará mais sentido uma vez que você saberá exatamente a quem direcionar, além disso, você atrairá a pessoa certa, aquela que realmente possui o perfil para se tornar um cliente.

Planejamento

Ao identificar a persona, e por conseguinte, entender suas dores, necessidades e desejos, deve ser feito o planejamento para a criação de conteúdo relevante visando atrair o público alvo; nessa etapa deve ficar claro quais metas se deseja atingir e como serão atingidas, quais são os responsáveis na execução das tarefas, em qual ou quais formatos serão feitos o conteúdo, qual ou quais plataformas a persona utiliza para realizar a distribuição do conteúdo. O planejamento é essencial para otimizar tempo, recursos e avaliara o progresso do profissional e empresa com a aplicação das estratégias de marketing de conteúdo.

Acompanhar os resultados

Ao aplicar as estratégias definidas no planejamento, deve-se acompanhar os resultados constantemente para ter certeza de que os mecanismos utilizados estão funcionando e se as metas estão sendo alcançadas, assim como, para fazer os devidos ajustes e modificar as estratégias sempre que houver necessidade. Importante mencionar que os mecanismos para avaliar os resultados devem ser fieis aos objetivos definidos no planejamento, muitas vezes os profissionais se baseiam em métricas de vaidade, como por exemplo, se o número de curtidas nas postagens das redes sociais aumentou, mas não houve mudanças na cartela de clientes, há algo errado nessa situação, logo, pode ser arriscado tal avaliação, devendo nessa situação rever e modificar as estratégias a fim de converter essas pessoas em clientes e não somente em curtidas, afinal o que desejamos é o uso do marketing de conteúdo para a monetização.

Por fim, o marketing de conteúdo é hoje o queridinho da maioria dos profissionais, e aos advogados não poderia ser diferente, muitos deles estão inovando e se dando bem sem ferir o código de ética. É possível utilizar a publicidade informativa, gerar conteúdo de qualidade e agregar valor na vida do seu potencial cliente, no qual, o principal objetivo desse instituto é informar e esclarecer assuntos pontuais e que possam ser úteis no dia a dia da sua persona, gerando assim, um relacionamento duradouro e de confiança, além do fortalecimento da imagem de autoridade do profissional. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Marketing proJuris
Marketing proJuris
Sobre A coluna Marketing Pro Juris é um espaço voltado para atualizar, instruir, ensinar e discutir estratégias de marketing jurídico aos operadores do direito, a fim de ampliar a forma como os profissionais enxergam a advocacia e facilitar a comunicação com o público em geral através da publicidade informativa.
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Ele1 - Criar site de notícias