Quinta, 29 de Julho de 2021 09:31
(86) 9 9594-6614 / (86) 9 9865-1372
Política Dr.Pessoa

Criminosos usam nome do prefeito Dr. Pessoa para aplicar golpes

Os golpistas pedindo dinheiro para algumas pessoas por meio de mensagens enviadas pelo WhatsApp.

17/07/2021 10h12
Por: Nunes
DIVULGAÇÃO\ INTERNET
DIVULGAÇÃO\ INTERNET

O prefeito Dr. Pessoa (MDB), por meio a Coordenadoria de Comunicação de Teresina, divulgou comunicado à imprensa na noite desta sexta-feira (16), informando que seu nome está sendo usado por criminosos que estão aplicando golpes por meio do aplicativo WhatsApp.

De acordo com a nota, os golpistas estão pedindo dinheiro para algumas pessoas por meio de mensagens enviadas através do número (86) 9509-4772, que não pertence ao prefeito. A assessoria do Dr. Pessoa ressaltou que o chefe do Palácio da Cidade sequer faz uso do aplicativo WhatsApp.

“A Semcom esclarece que a conta no aplicativo WhatsApp de número (86) 9509-4772 não pertence ao chefe do poder executivo municipal, que sequer faz uso do aplicativo de mensagens”, diz um trecho.

Por fim, a Coordenadoria de Comunicação explicou que a assessoria jurídica de Dr. Pessoa vai acionar a Polícia Civil para investigar o caso, e reforçou que, quem receber qualquer mensagem em nome do prefeito com esse teor, deve ignorar.

“O Palácio da Cidade pede que quem receber as mensagens de pedido de dinheiro as ignore”, finaliza a nota.

 

Leia o comunicado na íntegra:

Criminosos estão se passando pelo prefeito de Teresina, doutor Pessoa e pedindo dinheiro em nome do gestor.

A Semcom esclarece que a conta no aplicativo WhatsApp de número (86) 9509-4772 não pertence ao chefe do poder executivo municipal, que sequer faz uso do aplicativo de mensagens.

A assessoria jurídica do prefeito iá acionar a Polícia Civil para investigar a origem das mensagens. O Palácio da Cidade pede que quem receber as mensagens de pedido de dinheiro as ignore.

 

 

Gp1

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias