Terça, 21 de Setembro de 2021 20:03
(86) 9 9594-6614 / (86) 9 9865-1372
Câmara dos Deputados Câmara dos Deputados

Lira elogia nota oficial de Bolsonaro e diz que não é momento para desarranjos institucionais

Para o presidente da Câmara, Bolsonaro serenou os ânimos

10/09/2021 02h07 Atualizada há 2 semanas
Por: Oliveira Fonte: Agência Câmara de Notícias
Presidente da Câmara, Arthur Lira (PP - AL) - Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados
Presidente da Câmara, Arthur Lira (PP - AL) - Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), elogiou a nota oficial do presidente  Jair Bolsonaro, divulgada no início desta noite. Na declaração, Bolsonaro afirmou que nunca teve intenção de agredir qualquer um dos Poderes da República e que palavras contundentes nos discursos do Sete de Setembro decorreram do calor do momento. O documento foi escrito sob orientação do ex-presidente Michel Temer, que esteve com Bolsonaro antes da divulgação da carta. Temer também intermediou contato telefônico entre Bolsonaro e o ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes.

Na terça-feira (7), durante manifestações de apoio ao governo, Bolsonaro afirmou que não iria mais cumprir ordens judiciais de Moraes, além de defender o “enquadramento do ministro”.

Em entrevista ao jornalista José Luis Datena, da Rede Bandeirantes, Lira afirmou que o presidente Bolsonaro serenou os ânimos. “O País é maior do que qualquer instituição ou presidente de Poder. Temos a obrigação de trabalhar em harmonia. Temos problemas, temos o resto da pandemia, o problema do desemprego, dos precatórios, que podem afetar os recursos de investimento. Não é o momento para desarranjos institucionais”, afirmou Lira.

Lira também elogiou a participação de Michel Temer para redução da crise política. “Louvamos o presidente Temer, é um ato de grandeza do presidente Temer e do presidente Bolsonaro. Que seja uma oportunidade de recomeço de conversas para estabilização da política na vida do povo brasileiro”, disse o presidente.

“Nossa posição, da Câmara como um todo, é fazer com que a pauta pró-Brasil ande. Sempre pregamos que a Câmara seja moderadora, tranquilizadora, paciente. E essa função é obrigatória”, defendeu Lira.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias