Quinta, 21 de Outubro de 2021
26°

Muitas nuvens

Teresina - PI

Artigo Política

THE FREAK SHOW

O dia que a Rainha Elizabeth II pousou no Piauí

20/09/2021 às 11h15 Atualizada em 20/09/2021 às 13h28
Por: Nayara Negreiros
Compartilhe:
Foto montagem: Layanne Oliveira/Jornal do Advogado
Foto montagem: Layanne Oliveira/Jornal do Advogado

 

Preparando-se para embarcar, Sua Majestade ingressava em uma viagem oficial para visitar los hermanos argentinos, afim de bater um papo com o Presidente Alberto Fernandez, tomar umas quilmes e comer muito chorizo, como uma boa apreciadora do futebol albiceleste.

No meio do caminho, sobrevoando as terras tupiniquins, a aeronave real apresentava falhas elétricas, necessitando realizar um pouso de emergência.

Imediatamente, o comandante entra em contato com a torre de controle mais próxima, captando sinal piauiense.

- Mayday! Mayday! – desesperadamente, o comandante busca ajuda.

- Alô? Hã? Quem é? – responde a torre de controle.

- Aqui “ser” o Comandante Smith, do voo 292 of British Airways, from Heathrow airport going to Ezeiza. Necessito “autorizagem” de pouso. Help us!

- Hã? Eu entendi foi nada. Mas pousa aí, mermão. Vou te dar os comandos. Se avexe não!

Espremendo-se na minúscula pista do aeroporto Senador Petrônio Portela, às 12:45h a.m., o avião e Sua Majestade tocam o solo teresinense, numa quarta-feira ensolarada, com temperatura amena de 37 graus celsius.

Quem também acabava de pousar em outro voo, proveniente de Brasília, era o Presidente da Assembleia Legislativa do Piauí, que se apressava para uma reunião sobre a eleição do novo membro do Tribunal de Contas.

Ao pousar, Sua Majestade fora informada de que o problema levaria algumas horas para ser consertado, pois as peças necessárias estavam sendo requisitadas na capital vizinha, Fortaleza, já que ali não havia fornecedores.

Assim, a Rainha Elizabeth II decide desembarcar e tomar um fôlego depois do susto, dirigindo-se à sala de desembarque do miniaeroporto teresinense, com sua comitiva.

- Oh my God! Here is the hell! It’s very hot! – Exclamava Sua Majestade ao pôr o pé fora da aeronave.

- Excuse me, Sir! – pede passagem o serviçal real a um senhor de terno, que bloqueava a passagem grosseiramente.

O senhor, que estava ao telefone irritado, olha para aquela senhora vestida de verde-limão, com um enorme chapéu e óculos escuros e dá de ombros, bodejando:

- Diz pra essa “véia” “arrudiar”!

- Sir, She is the Queen! Elizabeth! – insiste o serviçal.

Olhando atentamente àquela velha senhora, cujo traje refletia o sol piauiense, quase fluorescente, o tal senhor de terno, sem acreditar no que via, desliga o telefone prontamente.

- Falo contigo mais tarde, Rafinha! Preciso desligar! – agoniado.

Estendendo a mão à rainha, sem saber direito como se comportar, o senhor tenta se apresentar:

- Minha Rainha, muito prazer! Eu sou o Deputado Estadual Thermópolis Jr, Presidente da Assembleia Legislativa do Piauí. Welcome to Piauí! – arranhava um inglês.

Os tradutores prontamente traduziram com as devidas correções. E Sua Majestade então lhe direciona a palavra:

- Oh, você ser o Presidente? Você ser Bolsonaro? Não compreendo. Muito confuso to me. – tenta entender a rainha.

- Ah não, não! O Bolsonaro é o Presidente do Brasil. Eu sou o Presidente do Poder Legislativo do Estado do Piauí. Aqui no Brasil temos three powers: executivo, legislativo e judiciário.

- Oh, “na” meu reino, tenho “meus ministras” e o Parlamento. Todos vão e vêm. Só eu permaneço.

- Ah, então nós temos isso em comum! Eu também já testemunhei muita gente entrando e saindo, mas eu continuo sendo Presidente. Inclusive, amanhã vamos nomear uma colega para Conselheira do Tribunal de Contas.

- Tribunal de Contas? O que ser isso? – indagou, curiosa.

- O Tribunal de Contas julga as contas dos prefeitos e dos órgãos públicos. Aí, a gente tem 4 assentos lá. Os outros 3 são do Governador do Estado, mas 2 tem que ser do Ministério Público de Contas e dos Conselheiros Substitutos que passaram no concurso. Os nossos não! As nossas vagas são nossas, mesmo!

- Oh, yes, the Public Accounts Committee! Na meu reino, é composta pela Câmara dos Comuns. Os membros são eleitos para exercer mandatos.

- Ah, aqui não! Aqui entra e só sai quando Deus quiser ou se aposentar. É um cargo vitalício. E a gente tem vários amigos lá. Graças a Deus, tá dando certo. Nossas contas sempre são aprovadas.

- Oh, então seus friends julgam suas contas? How curious is this! E onde está the balance? And justice? Como vocês fazem o controle?

- Minha rainha, a gente tem uma constituição que permite ser assim. Então, a gente só ajusta os detalhes aqui, conversa com um e com outro pra saber quem vai ser o próximo e tá tudo certo.

- But, onde está o povo? O povo não participa? – assustada, questiona.

- Não! Deus me livre! Apesar de que, dessa vez tem um povim enchendo o saco, querendo participar, mas não tem nem o P de perigo. Pra começo de conversa, eles não podem nem votar nessa eleição. Só deputados votam. E deputado vota em deputado – sussurrou chateado.

- It's at least interesting! Seu country tem muita coisa diferente mesmo! Quem julga as contas sãos os próprios friends, escolhidos por you e vão ficar no cargo até se aposentar! Hmm...

- O avião está pronto! Let’s go! – Convoca o comandante da aeronave, após consertá-la.

- Good bye, Sir Thermópolis from Piauí. Nice to meet you!

- Vá com Deus, minha rainha! – se despediu o Deputado.

Chegando na terra do tango, a comitiva real fora recebida com toda pompa pelo Presidente argentino e demais autoridades. Ao se encontrarem, Sua Majestade pede desculpas pelo atraso e explica o que aconteceu, relatando o pouso de emergência no Piauí.

Querendo saber muito mais sobre o povo brasileiro do que sobre a segurança da rainha, o presidente Alberto Fernandez indaga, curioso:

- Mas e aí, Vossa Majestade! Conte-me mais sobre esse povo! – cochicha el Hermano.

- Oh my God! You will not believe! Eu conheci “uma presidente” vitalício do poder legislativo. Eles têm uma constituição que separa o country em three powers e tem um órgão de controle para fiscalizar esses powers, mas permite que os best friends deles julguem suas próprias contas! E esses amigos ficam no cargo até se aposentarem! Unbelievable!

- Pero y la gente? – questiona o presidente.

 

- The people only watch the show!

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
A Internacionalista
A Internacionalista
Sobre Advogada Nayara Negreiros, 'A Internacionalista', cria conteúdos relacionados ao Direito Internacional, notícias e assuntos que impactam as relações internacionais.
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Ele1 - Criar site de notícias