Quinta, 21 de Outubro de 2021
26°

Muitas nuvens

Teresina - PI

Jurídico Juri

Motoristas vão a Juri após corrida com carros que deixou arquiteto morto

O promotor de Justiça Ubiraci Rocha denunciou Junno Pinheiro Campos de Sousa e Walber Anderson Portela Menonça pela morte do arquiteto João Vitor Oliveira Campos Sousa durante corrida na Avenida Raul Lopes

21/09/2021 às 06h43
Por: Nunes
Compartilhe:
 Foto: Reprodução/Instagram Foto: Reprodução/Instagram
Foto: Reprodução/Instagram Foto: Reprodução/Instagram

O promotor de Justiça Ubiraci Rocha denunciou Junno Pinheiro Campos de Sousa e Walber Anderson Portela Menonça pela morte do arquiteto João Vitor Oliveira Campos Sousa durante corrida na Avenida Raul Lopes.

O acidente no trânsito ocorreu em 1º de julho de 2019. Segundo o Ministério Público, os dois acusados faziam uma competição de corrida em estado de embriaguez na avenida João XXIII por volta das 4h da manhã e seguiram até a avenida Raul Lopes.

Com uma velocidade de 211,1km/h Junno Campos de Sousa dirigia um automóvel Audi TT. Walber Anderson, por sua vez, chegou a atingir velocidade de 108KM no BMW M4 coupê, que dirigia. Durante a ação, o Audi acabou colidindo em uma banca de revistas, resultando na morte do arquiteto que estava no carona.

A denúncia foi aceita pelo juiz da 1ª. Vara do Juri de Teresina, Antônio de Jesus Noleto no último dia 16 e os dois seguirão para o Tribunal. Ainda conforme a decisão, Aurinete Gonçalves Oliveira Galisa, mãe da vítima, João Vitor, foi permitida para atuar como assistente da acusação.

 

Pedido de prisão preventiva

Os advogados do escritório Marcos Vinícius Brito Araújo vão pedir prisões preventivas de Junno Campos de Sousa e de Walber Anderson em função de seus antecedentes. Eles levantaram que os dois respondem a vários processos por crimes de trânsito. Junno também é acusado de provocar a morte de uma pessoa em Barrerinha, por jet-sky. 

 

R10

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias