Anúncio
Ensino

Membros e servidores do MPPI participam de palestras sobre como falar com a imprensa

O ambiente de trabalho no MP pede o desenvolvimento de habilidades sociais.

22/07/2019 12h05
Por: David Pacheco
Fonte: MP PI
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Qual a importância do bom relacionamento e da boa comunicação no ambiente de trabalho? Como que essas condições podem ser estimuladas, conquistadas e mantidas? Esses foram alguns dos temas abordados durante as palestras realizadas, por meio do Comitê de Saúde e Qualidade de Vida no Trabalho - “Bem Viver no MP”, do Ministério Público do Estado do Piauí(MPPI), nesta sexta-feira(19), no auditório da sede leste do MPPI.


Membros e servidores da instituição ministerial participaram das palestras "Como falar com a imprensa - técnicas para TV e mídias sociais", ministrada pela jornalista Karina Matos, e "Habilidades Socioemocionais", conduzida pela mestra em Psicologia Samila Marques Leão.


"O ambiente de trabalho no MP pede o desenvolvimento de habilidades sociais. Os profissionais dessa instituição têm contato com a população. Ter empatia, cuidar do outro(no âmbito do Direito), é necessário para ter ter saúde mental no ambiente de trabalho e êxito nas atividades realizadas", alertou a psicóloga Samila Marques Leão.

 O promotor de Justiça Edílson Farias analisa as estratégias de comunicação apresentadas durante a palestra da jornalista Karina Matos. "Foi uma palestra interessante. A comunicação é importante do ponto de vista pessoal e também para nos comunicarmos com o público de um modo geral. Somos o Ministério Público e temos que levar nossas atividades para conhecimento da sociedade, portanto, as orientações apresentadas foram relevantes", destacou.


Formada em jornalismo e mestra em Ciência Política, Karina Matos destacou a importância da comunicação. "O MPPI tem muitas ações e deve expor de forma correta os trabalhos que têm sido desenvolvidos. Quem tem comunicação de qualidade, pode reivindicar mais. A pessoa que se comunica melhor, ela diz mais pra outra pessoa o que ela é, o que ela quer e quais caminhos ela quer traçar", pontua.

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários