Quarta, 27 de Janeiro de 2021 20:29
(86) 99527 0737
Piauí LOCKDOWN

Governador descarta lockdown e diz que Covid já infectou 1,5 milhão de piauienses

Em live, governador diz que vacinação pode ocorrer em janeiro e agendada pelo celular

01/12/2020 17h36
Por: Lucyanna Kayla
Foto: reprodução/ divulgação
Foto: reprodução/ divulgação

Ao fazer uma live apresentando o plano de vacinação contra Covid-19, o governador Wellington Dias (PT) descartou nesta terça-feira (1) a possibilidade de decretar lockdown no estado. Ele garantiu que os casos da Covid-19 estão em queda, mas que um milhão e meio de piauienses já foram infectados. 

Em live, governador diz que vacinação pode ocorrer em janeiro e agendada pelo celular

Em pronunciamento na internet, o governador apresentou o Plano de Vacinação contra a Covid-19 no Piauí. Participaram também da live a vice-governadora Regina Sousa, o secretário de Estado da Saúde (Sesapi), Florentino Neto, e o coordenador do Comitê de Operações Emergenciais (COE), José Noronha Vieira Júnior.

“Nos últimos dias, houve um crescimento de casos do coronavírus, o que chamamos de segunda onda, em vários países e estados do Brasil. Por isso, precisamos continuar com todos os cuidados. Mas não há nenhuma decisão tomada pelo governo e pelo COE sobre lockdown no Piauí. A meta que estabelecemos é evitar exatamente chegar a esse extremo”, disse o governador reforçando o pedido de uso de máscara, higienização, distanciamento e evitar aglomeração. 

Para o governador, o Piauí possui resultados que permitiram a situação de estabilização em relação ao novo coronavírus. O estado apresenta uma queda de 68% de casos confirmados e uma queda de 37% no número de óbitos pela Covid-19. Este é o menor número de óbitos das últimas 27 semanas, explicou o governador. 

Dias lembrou que o Piauí já realizou mais de 408 mil testes. Sobre as internações, o governador mostrou um quadro sobre Teresina e o Piauí, que mostra a capital com 46% dos leitos ocupados e 50% no Estado.

De acordo com o governador, foram fechados 451 leitos com a estabilidade dos casos. No pico da pandemia, o estado ofertou 1100 vagas de internações (UTI, semi-UTI, clínicos, estabilização) e agora tem 649 vagas.

“Temos, atualmente, no Piauí, 264 de leitos clínicos ocupados (41%) e 385 livres (59%); e 161 leitos de UTI ocupados e 174 livres. O objetivo é evitar o colapso, integrando o setor público e o setor privado. Foi assim que alcançamos esses resultados”. 

 

FONTE: CIDADE VERDE

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias