Quarta, 03 de Março de 2021 21:34
(86) 99527 0737
Policial DENÚNCIA

Estudante que denunciou padrasto e pediu socorro nas redes sociais vai à delegacia

Ela o denunciou por agressão e usou as próprias redes sociais para pedir socorro.

25/01/2021 13h53
Por: Lucyanna Kayla
 Foto: Yala Sena/ Cidadeverde.com
Foto: Yala Sena/ Cidadeverde.com

A estudante de Psicologia de iniciais P.J.A.A, 18 anos, registrou boletim de ocorrência contra o padrasto nesta segunda-feira (25), na Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher de Teresina- Centro (DEAM/C). Ela o denunciou por agressão e usou as próprias redes sociais para pedir socorro. 

À delegada Vilma Alves, titular da DEAM-C, a estudante disse que foi espancada com socos no rosto e no peito quando foi visitar a mãe em Demerval Lobão, no interior do estado. Segundo ela, a mãe também foi agredida. 

Bastante abalada e com o rosto machucado, a vítima foi encaminhada ao Instituto Médico Legal (IML) para exame de corpo de delito. 

"Ela está muito deprimida, chorando muito, devido ao seu estado de isolamento. Ela denunciou que foi espancada pelo padrasto, foi defender a mãe e após as agressões pediu socorro nas redes sociais", disse a delegada Vilma Alves, ao Cidadeverde.com. 

 

A estudante diz que faz uso de medicamentos para o tratamento da depressão e teme retornar para Demerval Lobão. A delegada conta ainda que já pediu que a mãe da estudante também compareça à delegacia. 

O suspeito das agressões é Carlos André Soares Monteiro de 40 anos que mantém um relacionamento com a mãe da vítima há oito anos. 

 

 

cidade verde

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias