Sexta, 23 de Abril de 2021 14:33
(86) 99527 0737
Piauí NOVO DECRETO

Veja o que é permitido e proibido nesse final de semana de Lockdown parcial no Piauí

Lockdown parcial no Piauí

24/02/2021 09h01 Atualizada há 2 meses
Por: Lucyanna Kayla
Divulgação PMT Divulgação PMT
Divulgação PMT Divulgação PMT

O governo do Piauí divulgou nessa terça (23) novo decreto com restrições no estado para conter a transmissão da covid-19.

O novo decreto começou a valer às 0h de quarta-feira (24) até o dia 4 de março e traz medidas restritivas de funcionamento em diversas áreas.

Com o decreto estadual, o comércio em geral poderá funcionar somente até as 17h e os shopping centers somente das 12h às 21h.

Bares, restaurantes, trailers, lanchonetes, barracas de praias e estabelecimentos similares bem como lojas de conveniência e depósitos de bebidas só poderão funcionar até 22h.

Bares e restaurantes poderão funcionar com som mecânico, instrumental ou apresentação de músico, desde que não gerem aglomeração. 

Fica vedada, no horário compreendido entre as 23h e as 5h, a circulação de pessoas em espaços e vias públicas, ou em espaços e vias privadas equiparadas a vias públicas.

Aos finais de semana, somente as atividades tidas como essenciais devem funcionar. As escolas também podem funcionar de forma presencial e todos os setores devem continuar com as medidas sanitárias.

Ficarão suspensos, a partir de 24h do dia 26 de fevereiro até as 5h do dia 1º de março de 2021, todos os serviços, COM EXCEÇÃO dos seguintes serviços considerados essenciais:

  • mercearias, mercadinhos, mercados, supermercados, hipermercados, padarias e produtos alimentícios;
  • farmácias, drogarias, produtos sanitários e de limpeza;
  • oficinas mecânicas e borracharias;
  • lojas de conveniência e de produtos alimentícios, situadas em rodovias e BRs, na zona rural;
  • hotéis, com atendimento exclusivo dos hóspedes;
  • distribuidoras (exclusivamente para recebimento e armazenamento de cargas) e transportadoras;
  • serviços de segurança pública e vigilância;
  • serviços de alimentação preparada e bebidas exclusivamente para sistema de delivery ou drive-thru;
  • serviços de telecomunicação, processamento de dados, call center e imprensa;
  • serviços de urgência e emergências, hospitais, laboratórios, serviços radiodiagnósticos;
  • serviços de saneamento básico, transporte de passageiros, energia elétrica e funerários;
  • agricultura, pecuária e extrativismo.

 

 

R10

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias