Sexta, 23 de Abril de 2021 15:10
(86) 99527 0737
Policial TRAGÉDIAS

Tragédias em família: pai mata filho e enteado tira a vida do padrasto

Policiais do 21º Distrito Policial deram cumprimento, nesta segunda-feira (1), ao mandado de prisão preventiva contra Francisco das Chagas Matias, 39 anos.

02/03/2021 07h33
Por: Lucyanna Kayla
DIVULGAÇÃO\ INTERNET
DIVULGAÇÃO\ INTERNET

Policiais do 21º Distrito Policial deram cumprimento, nesta segunda-feira (1), ao mandado de prisão preventiva contra Francisco das Chagas Matias, 39 anos.

 

O auxiliar de pedreiro é suspeito de matar o próprio filho, um adolescente de 16 anos, a facadas em setembro do ano passado, na casa da família, bairro Santa Maria da Codipi, zona Norte de Teresina.

Em entrevista à TV Cidade Verde, Francisco Matias disse que a motivação do crime foi o fato do filho, identificado como Cristiano, querer ingerir bebida alcóolica em casa.

“Quando me deparei lá chegou ele com três cervejas.  Eu perguntei para a minha mulher para que essas bebidas e ela disse que Cristiano queria beber em casa e eu disse que ele  não ir beber. Eu nem vi quando furei ele. Ele estava atrás de mim, não estava na minha frente”, conta o pai.

 

O preso foi encaminhado ao sistema prisional. 

 Enteado é suspeito de matar padastro

 

Neste domingo (28) um crime envolvendo familiares chocou o Residencial Pedro Balzzi,na zona Sudeste de Teresina. 

Emanuel Paulino da Silva, 39 anos, levou uma facada ao brigar com o enteado, conhecido como Diego Maradona.  

A companheira de Emanuel disse à Polícia que  ele estava alcoolizado e se desentendeu com o filho dela. Os dois lutaram no meio da rua e, segundo ela, a briga só acabou quando Diego esfaqueou o padrasto. 

A mulher disse, ainda, que Diego não gostava de Emanuel porque ele costumava agredi-la. O suspeito fugiu logo após o crime e ainda não foi localizado.

O caso será investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). 

 

 

CIDADE VERDE

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias