Sexta, 07 de Maio de 2021 00:24
(86) 99527 0737
Saúde FMS

FMS: 68% dos idosos acamados não são localizados e vacinação é prejudicada

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) informou que 68% do público que se cadastrou como “acamado” para receber doses da vacina contra a Covid-19 em casa não foi localizado no endereço cadastrado em agendamento.

21/04/2021 10h13
Por: Nunes
 Foto:Roberta Aline/Cidadeverde.com
Foto:Roberta Aline/Cidadeverde.com

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) informou que 68% do público que se cadastrou como “acamado” para receber doses da vacina contra a Covid-19 em casa não foi localizado no endereço cadastrado em agendamento. 

De acordo com o presidente da FMS, Gilberto Albuquerque, as equipes da FMS chegam ao endereço informado para vacinar e não encontram o suposto acamado na casa. 

“Dentre as pessoas que se cadastram como acamados, 68% a gente não encontra no local onde eles agendaram. Isso faz com que a gente perca muita mão de obra. As equipes se deslocam ,encontram o endereço e quando chega na hora  a pessoa que se cadastra como acamada nem se encontra no local”, conta.

Gilberto Albuquerque alerta que o percentual que não foi localizado nos endereços registrados é alto e que a estratégia de vacinação contra a Covid-19 acaba sendo prejudicada. O presidente da FMS faz um apelo para que as pessoas registrem informações verídicas no cadastro para receber a imunização.

No público acamado considerado como prioritário na vacina estão os idosos acima de 60 anos. 

“A supõe que gente cadastra dizendo que o paciente é acamado quando na verdade o paciente não é acamado. Provavelmente para ganhar facilidade e isso prejudica o sistema como um todo”, alerta. 

 

 

cidade verde

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias