Sexta, 07 de Maio de 2021 02:01
(86) 99527 0737
Geral Caça ilegal

Nove homens são presos suspeitos de caçar animal ameaçado de extinção no Piauí

De acordo com a PM, uma operação foi desencadeada para averiguar uma denúncia e ao chegarem na localidade Nova Mira, encontraram um homem com uma espingarda cartucheira .36 e um Jacu já abatido.

03/05/2021 09h14 Atualizada há 4 dias
Por: Nunes
 Fotos: Divulgação PMPI
Fotos: Divulgação PMPI

Um acampamento de caçadores ilegais foi encontrado na zona rural de Jurema (município na região de São Raimundo Nonato, distante 581 km de Teresina) neste sábado(01) com animais silvestres abatidos e um deles ameaçado de extinção. Pelo menos nove pessoas foram presas por policiais militares da Companhia de Polícia Ambiental do 11º Batalhão em São Raimundo Nonato.

De acordo com a PM, uma operação foi desencadeada para averiguar uma denúncia e ao chegarem na localidade Nova Mira, encontraram um homem com uma espingarda cartucheira .36 e um Jacu já abatido. 

“Continuou-se a operação na região e foi encontrado um acampamento de caçadores, onde haviam oito em flagrante delito. Com eles foram encontrados dois animais silvestres, sendo um tatu verdadeiro e um Tatu bola (espécie ameaçada de extinção) e cinco cães farejadores além dos apetrechos de caça como facões, lanternas e ferramentas de uso habitual”, destacou o relatório da Polícia Militar.

Os suspeitos foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil e o material apreendido para os procedimentos legais, na tarde de ontem por volta das 17h. 

O município de Jurema fica localizado entre entre a Serra da Capivara e a Serra das Confusões no sul do Piauí. 

 

Cv Com informações da PMPI

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias